1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

IC-UEM melhor do mundo em 2018

chengduO Instituto Confúcio da Universidade Eduardo Mondlane foi distinguido como o que teve melhor desempenho em relação aos demais institutos espalhados pelo mundo no ano de 2018. A informação foi divulgada na Conferência Geral dos Institutos Confúcio a nível Mundial, que decorreu nos dias 04 e 05 de Dezembro corrente, na cidade de Chendu, China.
Com efeito, o Magnífico Reitor da Universidade Eduardo Mondlane, Professor Doutor Orlando Quilambo, recebeu o respectivo certificado das mãos do Vice-Ministro da Educação da China, Tian Xuejun.
Actualmente existem cerca de 548 Institutos Confúcio em todo mundo, e em 2018 apenas 25 foram distinguidos pelo seu desempenho.
Participaram na Conferência mais de 1.500 delegados provenientes de 154 países e regiões de todo mundo.
O Instituto Confúcio da Universidade Eduardo Mondlane foi fundado em Outubro de 2012, como resultado da cooperação estabelecida com a chinesa Universidade Normal de Zhejiang.
Desde a sua fundação, o IC-UEM tem estado a trabalhar arduamente e foi gradualmente crescendo. No início contava com 8 professores e evoluiu para os atuais 29, dos quais fazem parte 12 professores que trabalham a tempo integral, 16 professores voluntários e 1 professor local (moçambicano). O número total de estudantes inscritos nos cursos (de curta duração e de licenciatura) é de cerca de 6.000.
Actualmente, o Instituto Confúcio vem cobrindo todo país, com pontos de ensino espalhados em escolas primárias, secundárias e em diversas universidades das três regiões.
O IC-UEM, sendo uma ponte de intercâmbio linguístico e cultural entre a China e o mundo, tem estado a envidar grandes esforços com vista a difundir a língua e cultura chinesas e a satisfazer as necessidades da demanda de aprendizagem do Mandarim na comunidade Moçambicana.

Web Tasarım iphone 6 ekran cam değişimi