1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Festival Cultural Universitário da UEM já é uma marca nacional

fest-cultural-1-17Reconheceu no passado sábado (30/09) o Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo, na abertura da V Edição do Festival Cultural Universitário da UEM, certame que já é tido como sendo o maior evento cultural universitário que o país conhece.
Dada a dimensão do festival e a relevância que ela começa a ocupar dentro da comunidade universitária, a partir de 2016, o festival cultural universitário passou a constar do calendário académico da UEM.
Durante cerca de 8 horas representantes de todas as províncias concorreram ao mais alto nível exibindo dotes culturais nas categorias de dança, moda e gastronomia.
Presente no evento, o Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo, referiu-se a necessidade de valorização da cultura moçambicana por ser aquela que identifica e caracteriza o povo, ao mesmo tempo que une diferentes regiões do mesmo país.
Entre agradecimentos e saudações aos envolvidos na organização, o Reitor da UEM, apelou para a necessidade de organização atempada do evento por forma a se alcançarem resultados ainda maiores e evitar correrias de última hora.
Por seu turno, Salvador Muchidão, Presidente da Associação dos Estudantes Universitários (AEU), referiu-se ao festival como um momento especial e de exaltação da identidade moçambicana.
Visto que os estudantes que compõem a UEM vem de todo o país, Muchidão disse ser importante realizar o festival cultural como forma de mostrar que a vida na academia não se limita apenas ao domínio da ciência e da técnica mas pela formação cultural.
fest-cultural-2-17Após a visita aos pavilhões das diferentes províncias e de países convidados pelo Reitor da UEM, arrancou o concurso propriamente dito cujos resultados colocaram na categoria de dança a província de Nampula em 1o lugar, seguida de Cabo Delgado 2o e Manica em 3o.
Na categoria de moda, Zambézia levou a melhor enquanto a província de Maputo conseguiu a 2a posição e Sofala teve que se contentar com o 3o lugar. Na gastronomia, a província de Sofala conseguiu maior pontuação sobre Inhambane em 2o e Nampula em 3o lugar.
A comissão organizadora decidiu pela desclassificação da província de Tete, na categoria de dança, em virtude de ter excedido o período limite de actuação estipulado pelo regulamento do concurso, de 15 minutos, para cada grupo.
Entre os países convidados, actuaram São Tomé e Príncipe, Timor Leste e Correa do Sul. Ao nível local foram convidados duas agências especializadas na dança quizomba, nomeadamente SK e o Sabor da Quizomba.
Entretanto, duas inovações dominaram, este ano, o festival cultural universitário designadamente uma palestra intitulada a "mudança da mente" e uma actuação em “stand comedy”.
Uma organização da Associação dos Estudantes Universitários, o Festival Cultural Universitário da UEM visa a promoção e valorização do património cultural do país.

 Shell indir passion dubai escortistanbul escortkameral? sohbetkameral? sohbetestrogenolittuzla escortpendik escortkurtkoy escortKurtky escortinstagram takipci satin alporn moviesporn videosporn videoskartal escorttwitter takipci albahis sirketleriSteroid Fiyatlar?instagram takipi hilesiinstagram takipi hilesijigolo sitesipaykasaastropaypaykwikbedava bahissirinevler escortistanbul escortbeylikduzu escortistanbul escortataky escortumraniye escortKartal escortbakirkoy escortiptv serverinstagram takipci satin albahis siteleriescort istanbulmaltepe evden eve nakliyatizmir escortizmit escortsirinevler escortbedava pornosex izletrk siki?konulu pornotuzla escortporno filmmilf olgun porn bedava porno rokettube
Hızlı ve Öfkeli 8 Karayip Korsanları 5 Arabalar 3 Şirinler 3 Yenilmez 4