1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Biblioteca Central celebra 10º aniversário

DSD-10-anosA Biblioteca Central Brazão Mazula, da Universidade Eduardo Mondlane, celebra de 03 a 06 de Setembro o décimo aniversário da sua criação. Para o efeito, foi agendado um conjunto de actividades, com destaque para a exposição de fotografias sobre a Biblioteca, divulgação dos produtos e serviços da mesma, feira do livro, homenagem a funcionários mais antigos e que se destacaram ao longo dos tempos no desenvolvimento das actividades profissionais na Direcção dos Serviços de Documentação (DSD) e na Biblioteca Central.
O momento mais alto foi a realização, hoje 04/09, da Mesa Redonda com o tema “A construção da Biblioteca Universitária em Moçambique: passado, presente e futuro”. Este momento contou com depoimentos dos antigos directores da DSD e estiveram presentes membros do corpo técnico administrativo, docentes, estudantes, entre outros.
Falando na ocasião, o Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo, lembrou que a inauguração da Biblioteca Central Brazão Mazula, a 01 de Setembro de 2008, foi o realizar de um sonho, o qual hoje permite que se tenha uma Biblioteca Central com um acervo que cobre todas as áreas do conhecimento, colecções especiais e outras ofertas de diferentes individualidades, para além de um laboratório de Braille, apetrechado com material informático que auxilia os utentes com dificuldades de visão, na transcrição, leitura e ampliação de textos.
Fez saber que a Biblioteca Central é fruto da continuidade de ideias que já no passado se manifestaram de várias formas, pelo que, “em dia de celebração é justo que reconheçamos todos os que souberam valorizar esta área para que hoje possamos ter infra-estruturas modernas e um acervo cada vez respondente às necessidades do ensino superior em Moçambique” disse.
“O sucesso que hoje celebramos é resultado da contribuição de cada membro da comunidade universitária, cada membro do sistema de bibliotecas, desde o agente de serviço, passando pelo bibliotecário até ao dirigente. Não houve trabalho mais ou menos importante, nem funcionário mais ou menos habilitado, mas todos e cada um, usando as capacidades individuais, transformamos as bibliotecas sectoriais ou das Faculdades e Departamentos numa Biblioteca Central Brazão Mazula e nos actuais serviços de documentação de que todos hoje nos orgulhamos”, afirmou.
Por sua vez, o Director dos serviços de Documentação (DSD) da UEM, Prof. Doutor Horácio Zimba, disse que a Biblioteca Central Brazão Mazula é parte integrante do Sistema de Bibliotecas da Universidades Eduardo Mondlane, que tem como missão “proporcionar recursos informacionais necessários no desenvolvimento de actividades de ensino, investigação e extensão, e para a sociedade em geral”, disse. Para Zimba, estes factores permitiram o processo de inovação e transferência de conhecimento para o desenvolvimento sustentável do país.
Uma das figuras dignas de realce e que foi sobremodo homenageada por ter sido a primeira Directora dos Serviços de Documentação da Universidade Eduardo Mondlane e mentora de muitos dos profissionais que hoje actuam na área de biblioteconomia e documentação em Moçambique, dra. Wanda do Amaral, contou o percurso histórico da construção da Biblioteca Universitária em Moçambique e afirmou que “estamos num bom caminho”.

 

 php shell indir