1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

UEM inaugura Centro de Treinamento em Radioterapia

radioterapia-01A UEM inaugurou na manhã de hoje (18/10), em Maputo, o Centro de Treinamento em Radioterapia destinado ao treinamento de físicos médicos, oncologistas, radiologistas e oficiais de protecção radiológica em tecnologia de aceleradores lineares clínicos.
Por outro lado, vai oferecer oportunidades de treinamento de técnicos em serviços de manutenção preventiva de aceleradores lineares clínicos tendo em conta as condições no continente africano.
A instalação deste equipamento decorre ao abrigo de um acordo de cooperação entre a UEM, o Ministério da Saúde e o Hospital Experts Group da Áustria visando a aquisição de equipamento para fins de ensino na área de Física Médica, na UEM.
Após a inauguração, o Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando, frisou que em África e na África Subsaariana, a disponibilidade dos equipamentos de radioterapia representa ainda um enorme desafio, por isso, a inauguração deste centro constitui uma conquista rumo a expansão dos serviços de radioterapia no país e em África.
Afirmou que à excepção da África do Sul, a sua disponibilidade se situa na ordem dos 30 por cento, muito distante dos padrões observados nos países de alta renda onde essa taxa se aproxima a100 por cento.
Segundo o Reitor, o centro vai beneficiar o processo de ensino e aprendizagem com particular referência ao curso de Mestrado em Física Médica na UEM, aos estudantes de Mestrado e Doutoramento em formação na Suécia e na UEM, aos centros de Radioterapia e Medicina Nuclear a serem instalados no país e na região.
Na sua intervenção, a Embaixadora da Suécia em Moçambique, Marie Anderson, destacou os 40 anos de cooperação com a UEM que, entre outros, resultou na formação de mais de 150 estudantes com o nível de Doutoramento em vários domínios que actualmente contribuem para o país, sendo que, pelo menos dois deles trabalham na área da física médica, pelo que, no seu entender, serão fundamentais para o sucesso do funcionamento do Centro.
A Embaixadora disse que com o centro, a UEM atuará como recurso para o resto do país e para todo a continente africano evitando cursos de elevado custo quando realizados noutros países. "Este centro de treinamento em radioterapia colocará Moçambique no mapa como um centro de excelência. Por isso, a Suécia, a Bélgia e a Áustria estão orgulhosas por terem desempenhado um papel no processo de criação", disse.
O Director da Faculdade de Ciências da UEM, Prof. Doutor Emílio Mosse, explicou que geralmente os países de baixa renda não têm capacidade para treinar técnicos em radioterapia. Conjuntamente com a Agência Internacional de Energia Atómica, o Centro irá receber técnicos cujo equipamento esteja avariado nos respectivos países, para treinamento. "Em muitos países quando este equipamento avaria tudo fica parado, mas aqui nós estamos preparados para formar indivíduos que possam reparar", frisou.
O Centro de Radioterapia da UEM tem a capacidade de treinar de uma única vez dez técnicos em radioterapia básica com a duração de 10 semanas.

radioterapia-02

kamagra php shell download php bypass shell bedava jigolo jigolo kirala jigolo sitesi olgun bayanlar jigolo sitesi jigolo olmak istiyorum jigolo ilanı