1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

UEM e governo da Província de Maputo unem esforços no planeamento e ordenamento territorial

uem-gov-maputo-01
A UEM e o Conselho Executivo da Província de Maputo passam a colaborar no domínio do planeamento e ordenamento do território através da Faculdade de Arquitectura e Planeamento Físico de modo a garantir o desenvolvimento sustentável. Com o efeito, as duas instituições rubricaram na manhã de hoje (08/05), na cidade da Matola, um memorando de entendimento visando a colaboração para a formação, capacitação, investigação e extensão através do Programa de Investigação Multissectorial Integrada (PIMI).
A operacionalização do PIMI está a cargo da Faculdade de Arquitectura e Planeamento Físico da UEM e conta com a parceria do Politécnico de Milão, da Itália. Com o programa, pretende-se contribuir para o desenvolvimento local sustentável, capacitar profissionais de instituições decisórias, de organizações ou empresas que actuam na província de Maputo e sistematizar informação diversa do território em estudo.
Após o acto de assinatura, o Governador da Província de Maputo, Dr. Júlio Parruque, justificou a assinatura do memorando com a necessidade de se fazer face aos desafios da província e garantir que o desenvolvimento económico da província seja efectivo, garantindo, para o efeito, um planeamento e ordenamento territorial eficaz e resiliente de modo que a ocupação do espaço e o estabelecimento de grandes empreendimentos não interfira negativamente no desenvolvimento das comunidades.
Acrescentou que o lançamento do PIMI e da assinatura do memorando demonstra o comprometimento do Conselho Executivo Provincial de Maputo em colaboração com a UEM no sentido de enfrentarem juntos os desafios da província no âmbito de ordenamento do território e áreas afins.
Falando na ocasião, o Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo, explicou que no âmbito do Fundo para Investigação Aplicada e Multissectorial (FIAM), constituído entre os governos da Itália e Moçambique com a finalidade de promover a qualidade e relevância da investigação científica promovida pela UEM, foi definido que uma parte dos fundos se destina ao financiamento de uma investigação multidisciplinar orientada para o desenvolvimento territorial de uma região do país. Inicialmente tinha sido escolhido o corredor de Maputo particularmente nos distritos de Boane, Moamba e Namaacha, mas à luz dos resultados dos estudos já efectuados, e por interesse do Governo da Província de Maputo, foi demonstrado a importância de abranger toda a província.
Assim, o memorando assinado, segundo o Reitor, reafirma o comprometimento da UEM em colaborar com o governo da província de Maputo no contexto dos desafios que se colocam no quadro do ordenamento territorial.
"Consideramos que este projecto poderá trazer resultados positivos no âmbito do desenvolvimento da província, quer na perspectiva de explicitação estratégica de desenvolvimento e do modelo de organização do território quer na perspectiva de sua articulação com os grandes objectivos de desenvolvimento social e económico do país", disse.
A assinatura de memorando de entendimento entre a UEM e o Conselho Executivo da Província de Maputo coincidiu com a realização do seminário sobre o Ordenamento Territorial e Resiliência Climática Rumo ao Desenvolvimento Sustentável e do Lançamento do Programa de Investigação Multissectorial Integrada (PIMI).

uem-gov-maputo-02

deutsche porn watch izmir rus escort kamagra php bypass shell Maltepe Escortevden eve nakliyatLive Sex Camsgaziantep rus escortantep escortgaziantep escortpornoporno izle #yaslikurt# Hack forum