1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

FAMED divulga trabalhos de investigação em jornadas científicas

JFamed-TostaoDocentes e estudantes da Faculdade de Medicina (FAMED) reuniram-se esta terça-feira (19/10), em Maputo, nas IV Jornadas Académicas e Científicas Estudantis daquela unidade para apresentação e partilha dos trabalhos de investigação. As Jornadas Científicas da FAMED são um evento bienal cujo objectivo é promover e divulgar trabalhos de investigação realizados por estudantes de graduação e pós-graduação.
O Director Científico da UEM, Prof. Doutor Emílio Tostão, que procedeu a abertura o oficial do encontro, reconheceu o esforço do corpo docente e investigador daquela unidade, com o apoio do Corpo Técnico Administrativo, na produção do conhecimento científico através da investigação.
Fez notar que as jornadas decorrem particularmente num momento especial da instituição, uma vez que coincide com o 3º ano da implementação do Plano Estratégico da UEM 2018-2028. "E as jornadas científicas estudantis representam um dos objectivos do Plano Estratégico que é a iniciação científica dos estudantes da graduação e a consolidação da pesquisa, do uso do método científico pelos estudantes da pós-graduação", disse.
Por sua vez, o Director da FAMED, Prof. Doutor Jahit Sacarlal, reconheceu o crescimento da produção científica, nos últimos 12 meses, na unidade que dirige que culminaram com a apresentação dessas pesquisas na XI Conferência da UEM e nas Jornadas Nacionais de Saúde.
JFamed-ENoorFalando sobre os "Desafios e oportunidades de pesquisa durante a era de Covid-19", a Professora Catedrática Emília Noormahomed, fez saber que África contribui com apenas 2 por cento das pesquisas globais, pelo que, ainda existe um campo fértil e oportunidades para os investigadores desenvolverem as suas actividades, mas tendo em atenção os nossos problemas de saúde pública. Avançou, a título de exemplo, temas que podem ser pesquisados pelos investigadores, tais como o estudo do perfil epidemiológico e característico das clínicas em pacientes infectados pelo Sarscov-2 e estudos do efeito do Sarscov-2 em mulheres grávidas e no feto. "Em relação ao nosso país ainda não há nada publicado, por isso, não sabemos qual é o perfil dos nossos pacientes", disse.
Noormahomed apontou como barreiras à investigação científica a escassez de recursos financeiros, limitada infraestrutura laboratorial, a barreira linguística, limitações impostas pela pandemia, os atrasos na submissão e aprovação ética, entre outros.
As IV Jornadas Académicas e Científicas Estudantis da FAMED decorreram sob lema "Faculdade de Medicina da UEM, promovendo a investigação e extensão em tempo da pandemia de COVID-19".

JFamed-2021

deutsche porn watch izmir rus escort kamagra php bypass shell okey oynagabilesohbetbahiscomyabancı dizi izledikmen evden eve nakliyattukifsekisen iyi forex şirketlerien iyi forex şirketleri #yaslikurt#betsmovebabes of london Hack haber instagram hackleme sitesi Hack forum