1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

ESNEC coloca 104 licenciados no mercado

esnecA Escola Superior de Negócios e Empreendedorismo de Chibuto (ESNEC), da Universidade Eduardo Mondlane, graduou na última Sexta-feira, 15 de Agosto, 104 licenciados, dos cursos de Agricultura Comercial, Agro-Negócios, Comércio, Finanças e Gestão e Liderança, dos quais 33 do sexo feminino e 71 masculino, provenientes das três regiões do país.
Esta foi a segunda cerimónia de Graduação da ESNEC, desde que iniciou as suas atividades em 2009.
Falando na ocasião, o reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo manifestou satisfação pelo facto de 41 porcento dos graduados serem oriundos de Gaza, o que, segundo disse, mostra quão significativo é o contributo da sua universidade para a formação dos filhos daquela Província.
“Continuamos e continuaremos a ser uma universidade nacional, mas com um contributo significativo para o local e as comunidades onde as nossas unidades se encontram instaladas.
Os estudantes ora graduados foram sujeitos, durante a sua formação, a experiências académicas, socioprofissionais, que lhes conferiram competências técnicas e habilidades nas diversas áreas profissionais.
Por isso, o reitor disse esperar mudanças destes, quer a nível sociocultural, quer a nível da economia nacional. “O contributo de cada um de vós engrandecerá não apenas a vós, como também aos pais, a ESNEC e em última instância o país. Nesta perspectiva saibam traduzir o nosso lema, que é ‘Identificar oportunidades e transforma-las em riqueza’. A premissa que vós podeis trilhar promovendo o auto-emprego e, gerando empregos para os demais compatriotas, estimulando os outros concidadãos a fazer o mesmo”.
Aconselhou os graduados serem humildes e dedicados no trabalho pois, quanto a ele só assim poderão superar os obstáculos. “Busquem continuamente a excelência laboral, pois a reputação adquire-se com entrega abnegada ao trabalho”, disse o reitor.
Por sua vez, a Directora Provincial de Coordenação dos Assuntos Ambientais de Gaza, Felizarda Manguel, que representou o Governador da Província, expressou gratidão à UEM, por ter escolhido aquela Província e em particular o Distrito de Chibuto, para a colocação da Escola Superior de Negócios e Empreendedorismo, que segundo disse, ministra cursos modernos. Afirmou que os graduados desta escola têm pela frente o grande desafio de transformar o conhecimento adquirido em alavanca que irá potenciar a luta contra a pobreza, “com base na criação de novos empreendimentos, que irão criar novos postos de trabalho, contribuindo desta forma para a redução do desemprego que afecta grandemente os nossos jovens”.
“Graduados, todos nós olhamos para vós, como um horizonte para o futuro, que vai alavancar o desenvolvimento de Moçambique, tendo em conta o prestígio que a instituição, Universidade Eduardo Mondlane, em particular a ESNEC, granjeiam no país e além-fronteiras na formação do Homem”, acrescentou.
A cerimónia foi abrilhantada pela Companhia Provincial de Dança, de Gaza, que interpretou ritmos de Xigubo, e pelo coral da ESNEC.
Como é de costume, o evento contou com momento de premiação aos melhores estudantes, que se destacaram durante o seu percurso na UEM. Este espaço contou com apoio das empresas Regadio do Baixo do Baixo Limpopo, BCI, TVCABO e Município de Chibuto, que ofereceram estágios profissionais, valores monetários e computador de mesa.

 php shell indir