1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

OurMoz vence o concurso #APPS4MAPUTO do Banco Mundial em Moçambique

OurMoz TeamO projeto OurMoz, venceu, no passado dia 15 de Abril, o concurso #APPS4MAPUTO, organizado pela UX e Banco Mundial em Moçambique e cujo objetivo era selecionar uma aplicação móvel para uso no projeto de Monitoria Participativa de Serviços Urbanos para Maputo (MOPA).

O concurso #APPS4MAPUTO lançou o desafio para o desenvolvimento de uma aplicação mobile com o objectivo de melhorar o processo de gestão e relato de ocorrências por parte dos fiscais da Direcção Municipal de Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos e Salubridade do Município de Maputo que pela sua utilização permita tornar eficiente o processo de identificação de ocorrências e avaliação da qualidade dos serviços de recolha de resíduos sólidos prestados ao município.

A aplicação Android desenvolvida no âmbito desta competição permite aos fiscais municipais reportar situações detetadas no terreno de forma rápida, consultar ocorrências georreferenciadas segundo determinada categoria ou localização, ou ainda, validar a informação submetida pelos cidadãos e dar parecer sobre o estado de resolução de cada situação, garantindo a integração de toda a informação com a plataforma de monitoria participativa ntxuva (http://www.ntxuva.org/)

A estabilidade e a usabilidade da aplicação móvel, a fiabilidade da comunicação da informação, a resposta positiva da aplicação às necessidades do projeto MOPA, bem como a capacidade de gerar motivação entre os fiscais do Município, foram das principais qualidades reconhecidas à solução apresentada pelos jovens investigadores Mauro Banze, Félix Barros e Alfredo Muchanga, da equipa do projeto OurMoz. Estes foram, aliás, os critérios de avaliação aplicados às soluções submetidas a concurso e avaliadas por um painel de representantes de instituições locais e internacionais, tais como o Banco Mundial, a Embaixada da Suécia, a operadora móvel mcel, a startup Ideário, e a empresa UX.

Co-financiado pelo Programa Operacional Regional do Norte (ON.2), através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), o projeto OurMoz é uma plataforma móvel centrada nos cidadãos que pretende fornecer informações georreferenciadas e em tempo real sobre o que está acontecer nas cidades moçambicanas e nasce de uma parceria entre a Fraunhofer AICOS o Centro de Informática da Universidade Eduardo Mondlane (CIUEM) no âmbito do Centro de Competências para as Tecnologias de Informação e Comunicação para o Desenvolvimento (ICT4DCC).
Fruto da cooperação entre estes dois parceiros, das atividades de transferência de conhecimentos e da estreita colaboração entre investigadores, a aplicação OurMoz vai continuar a ser desenvolvida sob a alçada do ICT4DCC em Moçambique como forma de validação do conceito e potencial de replicação para outros países.

Como resultado deste concurso, e para além da atribuição de prémio pecuniário no valor de 1.000 USD à equipa vencedora, prevê-se que a aplicação OurMoz venha a ser integrada no âmbito do projeto MOPA financiado pelo Banco Mundial e implementada no Município de Maputo.